segunda-feira, 22 de junho de 2015

ANIVERSÁRIO DO VIVACLUB - GRATIDÃO POR TODOS QUE NOS ACOMPANHAM!

Completar 6 anos de um projeto, idealizado com amor e dedicação, é a melhor recompensa por todo o esforço e coisas que abdicamos durante muito tempo.

Somos gratos por todos que aqui já passaram e deixaram um pouco de si conosco.

Somos gratos por todos que torcem por nós, mesmo que de longe.

Somos gratos especialmente aos que confiam em nosso trabalho, e permanecem ao nosso lado, para juntos, seguirmos nessa caminhada.

Que venham mais 6, mais 60 anos de VIVACLUB!
Agradecemos todas as mensagens, telefonemas e os abraços recebidos no dia de hoje! Isso é o que nos motiva a continuar!

Amamos cada um de vocês!!!


sexta-feira, 19 de junho de 2015

OSTEOPOROSE MASCULINA

 Estudo mostra que 90% dos homens ignoram osteoporose. 

Osteoporose é um daqueles problemas que os homens costumam chamar de: "problemas de mulher".

A osteoporose, doença metabólica caracterizada pela fraqueza dos ossos, pode levar a fraturas dolorosas e até a invalidez. Mesmo assim, o problema costuma ser ignorado pelo público e pelos médicos nos check-ups de rotina. 

Sem diagnóstico nem tratamento, muitos senhores de idade sofrem fraturas que poderiam ser evitadas. Nessa fase da vida, um terço das fraturas de colo de fêmur acontece em homens. Por diversas razões, 37% deles vão a óbito no período de um ano.

Depois dos 70 anos a perda óssea se acentua. Embora depois dos 80 o risco seja maior, quase metade das fraturas do colo do fêmur acontece antes dessa idade. Cerca de 20% dos que quebraram o fêmur uma vez voltam a fraturá-lo.

Fraturas de vértebras também são comuns no sexo masculino. Ao contrário das mulheres, no entanto, o risco diminui com a idade. A prevalência depois dos 65 anos cai para a metade daquela apresentada pelas mulheres.

Em 70% a 80% dos casos, as fraturas vertebrais são indolores, mas provocam diminuição da altura, disfunções respiratórias, aumentam o risco de quebrar também o fêmur, comprometem a qualidade de vida e contribuem para o aumento da mortalidade.

Novos resultados de uma pesquisa da Fundação Internacional de Osteoporose (IOF), mostram que, em média, 90% dos homens entrevistados não estão cientes de como são comuns as fraturas osteoporóticas em homens. 

“A triste realidade é que, por não saber dos riscos, os homens se deixam vulneráveis a um futuro de dor e incapacidade. O problema se agrava pelo fato de os médicos não abordarem a saúde óssea dos seus pacientes nos exames de rotina”, disse o professor John Kanis, presidente da IOF.

Segundo a pesquisa, realizada em 12 países, os homens na faixa etária superior a 50 anos que se submeteram a um check-up foram 18% menos propensos do que as mulheres da mesma idade de terem qualquer forma de avaliação da saúde óssea. Esta diferença foi ainda mais acentuada em determinados países, incluindo o Brasil, com 30%.

A osteoporose masculina frequentemente tem causas secundárias. Uso de derivados da cortisona por mais de três meses, fumo, abuso de álcool e a redução dos níveis sanguíneos de testosterona (hipogonadismo), são os principais responsáveis.

Aproximadamente 15% dos casos são atribuídos à falta de exposição ao sol que causa deficiência de vitamina D, à insuficiência hepática ou renal, à baixa ingestão de cálcio, à redução dos níveis de estrogênio (hormônio feminino importante para a manutenção da massa óssea, que os homens também sintetizam a partir da testosterona) e ao uso de inibidores de protease no tratamento da Aids.

Constituem causas menos comuns: índice da massa corpórea abaixo de 20 (IMC = peso/altura x altura), falta ou excesso de exercício, diabetes, hipertireoidismo, doença do glúten, drogas contra a epilepsia ou imunossupressores usados em transplantes de órgão.

Em até 40% dos casos as causas secundárias permanecem incertas.

O diagnóstico é feito por meio da densitometria óssea, exame de imagem que compara a densidade mineral dos ossos do paciente com aquela apresentada pelos jovens e pela maioria das pessoas da mesma faixa etária. Nos homens, a densitometria óssea é recomendada a partir dos 70 anos. Nos grupos que correm maior risco as avaliações devem começar antes.

O tratamento envolve mudanças de estilo de vida e medicamentos.

Andar e fazer exercícios com pesos reduz o risco de quedas e fraturas nas pessoas de idade.

Suplementos de cálcio e vitamina D são recomendados para manter a massa óssea, especialmente naqueles cujas dietas são pobres em leite e laticínios, alimentos ricos em cálcio, e nos que não apanham sol.

Medicamentos para aumentar a massa óssea devem ser receitados quando o resultado da densitometria cai na faixa de osteoporose. Alguns especialistas, entretanto, preferem prescrevê-los quando existe osteopenia numa pessoa que já sofreu uma fratura causada por um trauma pequeno.

Embora limitados, os estudos sobre reposição de testosterona em pacientes com hipogonadismo demonstram que o tratamento é capaz de aumentar a densidade mineral dos ossos. Os riscos da reposição envolvem aumento benigno da próstata, apneia do sono e, talvez, câncer de próstata.

A nutricionista Karina Pimentel ressalta os alimentos que fortalecem os ossos: 
- Trigo e derivados da aveia: ótimas fontes de cálcio, fósforo e magnésio;
- Sardinha, gergelim, tofu, quinoa, brócolis e couve-flor, são ricos em cálcio;
- Vegetais verde-escuros: couve, espinafre, salsinha e sementes oleaginosas, são ricos em magnésio;


Ficar de olho na dieta, nos check-ups e ter uma rotina diária de exercícios, ajuda a prevenir a osteoporose. 

Toda informação publicada a respeito de doenças, não substitui a orientação médica. Em caso de dúvida, consulte seu médico de confiança.

Texto adaptado do Dr. Draúzio Varela.

O VIVACLUB está sempre a sua disposição, para a prática de exercícios e orientação. 

SOPA QUENTINHA PARA MANTER A DIETA - SOPA CREMOSA DE ALHO PORÓ

Frio combina com uma sopa bem quentinha, por isso a receita de hoje é esta maravilha de Alho Poró... Delícia!!!


Ingredientes
2 col. (chá) de óleo de canola
2 col. (sopa) de cebola picada fina
1 dente de alho amassado
4 xíc. de alho-poró fatiado fino (somente o caule branco e a parte clara das folhas)
80 g de queijo ricota
1 batata média cozida e cortada em cubos
2 xíc. de caldo de legumes (cozinhe legumes de sua preferência com sal a gosto, deixe esfriar e bata no liquidificador)
1 pitada de pimenta-do-reino a gosto
2 col. (sopa) de folhas de hortelã picada fina

Modo de preparo:
Bata os legumes no liquidificador e reserve.
Numa caçarola antiaderente doure a cebola e o alho, no óleo de canola. Acrescente o alho-poró e cozinhe por 9-10 minutos, até murchar e amolecer. Mexa de vez em quando.
Transfira para o liquidificador ou processador de alimentos. Acrescente a ricota, a batata e o caldo de legumes. Bata até se formar um creme. Coloque o creme de volta na caçarola e aqueça. Acrescente a hortelã.

Se quiser uma sopa mais grossa, substitua o caldo de legumes feito um sachê de caldo de legumes, sem gordura.

Esta sopa foi aprovada pela equipe VIVACLUB. Esperamos que você goste também!
Bom proveito!

segunda-feira, 15 de junho de 2015

HIPERTENSÃO, DIABETES E MEMÓRIA

De acordo com uma publicação na revista Saúde (dez/14), a perda de lembranças e dificuldade de raciocínio devem ser vistos com extrema cautela entre indivíduos com pressão alta. 

Um trabalho da Universidade de Maastricht, na Holanda, diz que essa perda de lembranças podem sinalizar uma espécie de microderrame, fato que pode levar a um AVC.

A pessoa com hipertensão descontrolada pode sofrer até centenas de pequenos infartos cerebrais e não apresentar nenhum sintoma, pois eles atingem áreas silenciosas. O entupimento faz com que o sangue deixe de circular nessas regiões, matando neurônios. 

Cuidar da Pressão e do Diabetes é uma forma de prevenir déficits cognitivos e, até o Alzheimer, pois essas enfermidades levam a perda de células cerebrais e causa danos no cérebro.


No Brasil existem 17 milhões de hipertensos e cerca de 7 milhões de diabéticos... A alimentação desregrada e a falta de exercícios físicos é uma das principais causas dessas enfermidades. 

Combinar alimentação saudável com atividade física, prolonga sua vida e sua memória.

Fica a dica do VIVACLUB - Cuide-se! 

Seja ativo e consulte regularmente seu médico. 


FESTA JUNINA

É nesta quarta pessoal!!
Esperamos vocês para uma festa bem divertida!!!
Na Rua Marcílio Dias, 660

quinta-feira, 11 de junho de 2015

VENHA PARA O ARRAÍA DO VIVACLUB

Sempre pensando na diversão da nossa moçada da 'terceira idade', vem aí nossa tradicional Festa Junina.  Muita alegria garantida!!!
A festa será na Rua Marcílio Dias, 660 - No Sintrajufe.


Estão todos convidados!!!
E não esqueça o traje caipira vivente!!

quarta-feira, 3 de junho de 2015

O SEGUNDO CÉREBRO

Hoje vamos compartilhar essa importante informação sobre o intestino, chamado também de segundo cérebro. 

Nos anos 90 o biólogo e anatomista Michael Gershon lançou o livro “O Segundo Cérebro” que explica minunciosamente a interligação entre o funcionamento do cérebro e do intestino e a relação dos dois com o aspecto emocional e de algumas doenças.


Geralmente ouvimos reclamações do tipo: 

"Sinto “um nó no estômago” quando está angustiado ou muito estressado e sente a barriga encolher."

"Fico “me remoendo por dentro” quando enfrento uma situação de dúvida ou incerteza ou estou simplesmente muito curioso por algo."



Provavelmente você mesmo já tenha mencionado alguma vez que sente “borboletas no estômago" para explicar as cócegas causadas pela presença de uma pessoa que o atrai ou o nervosismo prévio a um encontro com alguém por quem está apaixonado.

QUANDO VIAJO MEU INTESTINO TRANCA

Flávio Quilici, que é médico gastroenterologista e coloproctologista, cirurgião e professor titular de cirurgia na PUC de Campinas, afirma que o intestino é considerado o "segundo cérebro" porque tem 100 milhões de neurônios e é responsável pela fabricação de mais de 20 neurotransmissores, dos quais o mais importante é a serotonina.


Quase todas as endorfinas e serotoninas que você precisa são fabricadas pelo seu intestino, mas para isso ele precisa estar funcionando bem.

Evite ao máximo os pós brancos como: TRIGO, SAL E AÇÚCAR. Prefira alimentos integrais.

Com a onda da intolerância à lactose, nosso intestino passa mal com LEITE e DERIVADOS.

Eles provocam, além de acidez no estomago e intestino, muita flatulência devido à fermentação. 

O cérebro abdominal têm dois objetivos principais:

- Supervisionar o processo de digestão, promovendo o peristaltismo, a secreção dos sucos digestivos para digerir os alimentos, absorção e transporte de nutrientes e eliminação de resíduos.

- Apoiar o sistema imunológico a defender o organismo.


O cérebro é responsável por digerir as emoções enquanto o intestino digere alimentos: Quando o paciente tem problemas em seu intestino delgado é um indicador vital da pessoa com angústia e pode se manifestar como diarreia, o que representa o medo de deixar ir. Além disso, quando os sintomas são do intestino grosso, o sintoma mais comum vai ser a constipação, que passa a representar a força do desejo de dar ou retirar . E não só no sentido material de dar, mas também sobre as emoções, o medo de exteriorizar.

 Estar com as vitaminas D e o Cálcio em dia, ajudam a melhorar o funcionamento do intestino. Comer fibras também é muito importante. 

Alguns alimentos, são ricos nesses nutrientes: TOFU; BRÓCOLIS; COUVE; SARDINHA; ESPINAFRE; GERGELIM; SOJA; LINHAÇA; GRÃO DE BICO; AVEIA E CHIA.


A regularidade dos exercícios físicos também ajuda o 2 cérebros a funcionarem melhor. Pratique atividades que dão prazer. 

Na terceira idade, qualquer alteração é sinal de alerta, portanto quando sentir desconfortos intestinais, procure seu médico.

Fonte: Adaptado da Oficina Cerebral da Maria Clarice e do Site Minha Vida. 



terça-feira, 2 de junho de 2015

segunda-feira, 1 de junho de 2015

NOVA MODALIDADE NO VIVACLUB

Esta atividade é destinada a todos os idosos e adultos que tem alguma dificuldade de equilíbrio, coordenação motora e flexibilidade

Atividades Físicas no frio ajudam a aquecer, melhorar a circulação e aliviar as tensões decorrentes do "encolhimento", para tentar diminuir o frio. 

Venha fazer parte da família VIVACLUB você também!!