sábado, 16 de maio de 2015

Envelhecimento Ativo e Saudável

Estamos vivendo mais.  As pesquisas e as ruas confirmam. 

O Brasil com 72,7 anos se destaca entre os países em desenvolvimento que possuem em média 63,6 anos. As projeções indicam que a esperança de vida segue crescendo no mundo. 

A longevidade é uma conquista nossa, que aconteceu, principalmente devido aos avanços na saúde e à geração de tecnologias. 

O envelhecimento é inevitável e provoca profundas mudanças.

Dessa conquista surgem os desafios de (re) pensar e (re) planejar a velhice.


Ser rico não é necessariamente sinônimo de envelhecer bem (visto que dinheiro não financia saúde), mas precisamos dele para envelhecer com dignidade. 

Cuidar das finanças e da saúde é muito importante, para que a conquista de mais anos de vida não seja em vão. 

Devido à diminuição dos valores de aposentadoria pagos pelo governo, é indicado que se crie outras formas de renda, que pode ser através de:
- Um plano de previdência extra (privado);
- Aplicar na poupança ou outros rendimentos (informe-se com seu gerente); e ainda
- Continuar trabalhando em uma nova função depois de aposentado, mais leve que a sua.

Outra dica para quem pensa em ter uma vida financeira feliz e bem estruturada é aplicar a regra dos quatro P´s: “Planejar! Essa é a questão fundamental para uma vida feliz, pois, através do planejamento é possível saber qual a quantia disponível para gastos e qual a quantia direcionada a reservas e aplicações. Além do planejamento é importante também pesquisar, pechinchar e pagar sempre a vista”, ensina Boriola., consultor financeiro.

E para aproveitar ainda mais os anos extras, seja ativo!

Pratique exercícios regularmente, viaje, alimente-se bem e viva cada dia como se fosse o último - só não gaste tudo ;)


Foca na tua felicidade!!!



A Idade de Ser Feliz

Existe somente uma idade para a gente ser feliz
somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realizá-los
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos

Uma só idade para a gente se encantar com a vida
e viver apaixonadamente
e desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo nem culpa de sentir prazer

Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida
à nossa própria imagem e semelhança
e sorrir e cantar e brincar e dançar
e vestir-se com todas as cores
e entregar-se a todos os amores
experimentando a vida em todos os seus sabores
sem preconceito ou pudor

Tempo de entusiasmo e de coragem
em que todo desafio é mais um convite à luta
que a gente enfrenta com toda a disposição de tentar algo novo,
de novo e de novo, e quantas vezes for preciso

Essa idade, tão fugaz na vida da gente,
chama-se presente,
e tem apenas a duração do instante que passa ...
... doce pássaro do aqui e agora
que quando se dá por ele já partiu para nunca mais!

Geraldo Eustáquio de Souza
Postar um comentário