sexta-feira, 11 de março de 2016

Movimento do Pilates: Ponte


Deitado no solo, com joelhos dobrados, pés apoiados no chão, braços ao lado do corpo e ombros e pescoços relaxados, faz-se o movimento de subir e descer o tronco. 

A ponte é um exercício que melhora a força muscular de glúteos e músculos posteriores da coxa: além do benefício estético, fortalecer estes músculos é fundamental para a melhora do equilíbrio e prevenção de quedas em pessoas idosas.

Alonga os músculos flexores de quadril, que frequentemente vão encurtando, principalmente nas que permanecem muito tempo sentadas.

Melhora a força e sinergismo dos músculos do tronco e quadril, necessário para a realização das nossa atividades funcionais e de grande parte dos esportes.

Melhora da mobilidade de coluna vertebral, os movimentos que “arredondam” a coluna, melhoram a percepção de que cada região da coluna pode ser mobilizada separadamente, melhorando sua flexibilidade e funcionalidade. Já dizia Joseph Pilates: “A man is only as old as his spine is inflexible”, ou seja, sua idade está totalmente associada à flexibilidade de sua coluna vertebral.
Correção de desalinhamentos de joelhos e pés, os exercícios com apoio dos pés no chão (chamados de exercícios em cadeia cinética fechada) são indicados para corrigir ou melhorar o alinhamento das articulações já que o movimento de uma articulação está associado com o movimento das demais. 

A ponte é um exercício simples e pode trazer inúmeros benefícios, desde que seja feito com consciência e cuidado e sob orientação de um professor. 

Venha para o VIVACLUB que nós temos uma equipe pronta para te orientar e melhorar a sua qualidade de vida. 

Postar um comentário