sexta-feira, 30 de outubro de 2015

A SOLIDÃO E A IDADE

Solidão não depende de idade. Solidão é um sentimento no qual uma pessoa sente uma profunda sensação de vazio e isolamento. A solidão é mais do que o sentimento de querer uma companhia ou querer realizar alguma atividade com outra pessoa e não conseguir sair do seu isolamento; é um sentimento que demonstra que uma pessoa precisa de algo novo que a transforme, mesmo que em princípio ela não consiga enxergar essa necessidade[1].

Solidão é o estado do que se encontra ou vive só; em isolamento. É lugar ermo e despovoado. Situação ou sensação de quem vive isolado numa comunidade. Estado de pessoas que, embora vivam juntas, dir-se-ia viverem sós por não haver entre eles nenhum entendimento[2].

 

Os conceitos sobre solidão, muitas vezes, nos levam a pensar nela como um sentimento ou uma situação negativa. É ruim estar só. Porém, lendo a frase de Fernando Pessoa acima, se tem uma ideia um pouco diferente e, a pergunta que fica em mente é: É a solidão tão negativa?

O sentimento de solidão ou sentir-se só independe da idade, mas agrava-se com o passar da idade. O termo agravar, aqui, é providencialmente utilizado para explicar que, como pessoas, vamos vivenciando experiências, ampliando conhecimentos, conhecendo pessoas e criando valores, ideias, pensamentos e perspectivas que nos conectam ou nos afastam dos outros.

É importante ter ideias e verdades próprias, mas brigar por elas em detrimento de relacionamentos construtivos, é burrice. E, com o passar dos anos, vamos enumerando muitos momentos e relacionamentos deixados para trás para mantermos nossa palavra e pensamento. 

Nesses momentos, o ideal é parar e usar a solidão para repensar. Repensar ações, ressignificar crenças antigas, verificar se o que você acredita desde anos atrás está condizente com o que você acredita atualmente e, se não está, resolver quais são os novos valores que você vai empregar para si e atuar na sua vida para encontrar e conectar-se com pessoas diferentes que lhe tragam novas emoções e alegrias.

Importante também mencionar que, solidão é um sentimento ou um estado de espírito que sentimos e passa. Que todos sentimos em determinado momento ou situação de nossas vidas. É bom buscar a resposta para esse sentimento, será ele uma falta de conexão consigo mesmo ou será um valor seu que foi prejudicado ou quebrado por alguém que você ama?

Nietzsche acima nos ajuda a conceituar e reverter a solidão a nosso favor. Pois, se você estiver bem consigo mesmo, estará ao redor de pessoas que lhe façam bem e, se não estiver, saberá com sabedoria identificar o melhor delas.

Não se intimidar em ficar sozinho por um tempo é excelente para não dramatizar essa experiência e aproveitá-la! Apreciar esses momentos e, somente após uma boa reflexão ir atrás de novos amigos e experiências é ideal para viver mais e com mais qualidade de vida!

Portanto, se está precisando de reposicionar em alguma relação, se alguma relação sua está lhe incomodando, pare, reflita sozinho e só depois haja. Por que, independente da fase da vida, o importante é construir relacionamentos saudáveis e duradouros que nos façam bem e que façam bem aos que nos rodeiam.



[1] Conceito de Solidão adaptado. Disponível em: .
[2] Conceitos do Dicionário Aurélio para a palavra Solidão. AURELIO, 2015, p. 1957.


Autora: Jorgete Rain.
Postar um comentário