quarta-feira, 12 de março de 2014

Vitalidade na Terceira Idade

  

Qualidade de vida é primordial para os idosos. Para isso, é necessário uma boa saúde e um bom condicionamento físico conseguidos com o Pilates.


 Para a terceira idade, configura-se um desafio encontrar uma atividade que , além de trazer benefícios à saúdo, proporcione prazer ao ser realizadas, sem tender ao desgaste muscular e da própria saúde em si.


 O método Pilates tem se mostrado uma ferramente importantíssima nesse quesito, pois inova ao criar consciência corporal, fortalecer e alongar.Como já dizia Joseph Pilates "um jovem sem flexibilidade é um velho Um velho com flexibilidade é um jovem". E tal flexibilidade e alongamento, adquiridos ao se praticar o método, cooperam para uma melhora de todo o sistema motor e biomecânico do idoso, restabelecendo antigos movimentos que, com o passar dos anos, tornaram-se praticamente impossíveis de serem realizados. Sem contar que a prática do Pilates ajuda na prevenção e tratamento de várias doenças oriundas da idade mais avançada, como dores na coluna, mobilidade reduzida e, até mesmo, baixa autoestima ocasionada pela perda constante de movimentos até então praticados com mais facilidade.

  
 Desta forma, o Pilates e o cuidado com a saúde contribuem para que os idoso melhorem a saúde do corpo, a autoestima e a confiança em si mesmos, conservando a independência física e mental.

Fonte:Revista Oficial - Pilates - Ano 4 - Nº 15 - p.31 - Autora da Série: Aline Costa Franco Bartolazzo, fisioterapeuta do espaço Fisio Pilates.

Nenhum comentário:

Postar um comentário