segunda-feira, 19 de outubro de 2015

COMO DIAGNOSTICAR E TRATAR PROBLEMAS NO FÍGADO

Normalmente as pessoas só descobrem doenças relacionadas ao fígado após realizarem exames de rotina como ecografias e tomografias abdominais ou procedimentos cirúrgicos onde o médico tenha acesso a esse órgão. Em geral, as pessoas que descobrem espontaneamente que têm problemas no fígado relatam sintomas como dor abdominal do lado direito e sensação de barriga inchada.

Além desses sintomas, quando as doenças que acometem esse órgão já estão mais adiantadas, também pode-se observar cor amarelada na pele e nos olhos e a urina amarela forte ou escura. A causa mais comum para doenças no fígado são: o excesso de gordura no fígado, muito associada em pacientes obesos e sedentários; o excesso de álcool e o uso abusivo de medicamentos. As doenças relacionadas com esses problemas são: a hepatite, a cirrose, a ascite, a esquistossomose e a hipertensão portal.

Para entendermos a importância desse órgão em nosso corpo e o quão importante é o diagnóstico precoce, explicamos que o fígado é um dos órgãos do sistema digestório mais importantes para a digestão. É ele que tem a função de metabolizar e armazenar nutrientes que só ficam prontos para serem absorvidos e utilizados pelo organismo após passarem por ele.

Funções do Fígado 

  • Transformar a galactose e a frutose em glicose para ser usada como fonte de energia;
  • Armazenar o glicogênio e transformá-lo em glicose, enviando para o sangue novamente quando necessário;
  • Transformar as proteínas em aminoácidos, a síntese de aminoácidos não essenciais e a produção de proteínas essenciais, como a albumina, transferrina, fibrinogênio e outras lipoproteínas;
  • Armazenar as vitaminas lipossolúveis e os minerais;
  • Filtrar o sangue, enviando para os rins as toxinas para serem eliminadas.
  • Além disso o fígado transforma a gordura da alimentação e a gordura acumulada como fonte de energia, quando necessário.


Abaixo listamos uma relação de sintomas que podem indicar problemas no funcionamento desse órgão tão importante para nosso corpo. São eles: 
  • Tontura; 
  • Dor de cabeça; 
  • Gosto amargo na boca; 
  • Enjoo e vômito; 
  • Falta de apetite; 
  • Cansaço fácil; 
  • Aumento de peso; 
  • Fezes amareladas, cinzentas, negras ou sem cor; 
  • Vasinhos na pele - teleangiectasia; 
  • Aumento da mama nos homens - ginecomastia; 
  • Diminuição das plaquetas do sangue. 
É importante ressaltar aqui que não indicamos o autodiagnostico, é muito importante pedir para um médico solicitar os exames e analisar os resultados. 

Exames para diagnosticar problemas no fígado

O seu médico pode solicitar exames de sangue para avaliar a função do fígado, tais como: 
ALT: Alanina aminotransferase 
AST: Aspartato aminotransferase 

Além deles, o médico também pode pedir uma Ultrassonografia do fígado ou uma Tomografia Computadorizada.



COMO TRATAR PROBLEMAS DE FÍGADO

Para o tratamento dos problemas de fígado mais leves e simples são indicadas alterações na dieta. Já em situações de maior gravidade, deve-se recorrer a medicamentos e tratamentos receitados por seu médico.

Dieta para tratar os problemas no fígado

Em caso de problemas no fígado recomenda-se comer alimentos de fácil digestão como, por exemplo:
Peixe grelhado, frango cozido sem pele;
Arroz branco;
Saladas;
Biscoito maizena;
Gelatina;
Frutas;
Verduras de cor verde escura, preferencialmente as amargas;
Sucos de frutas naturais;
Iogurte natural batido com fruta.
Além disso, é importante beber bastante água. 



O que não comer em caso de problemas no fígado

Em caso de problemas no fígado, é recomendado evitar o consumo de alimentos estimulantes e de difícil digestão, como: 
  • Refrigerantes, sucos industrializados, café, bebidas alcoólicas, água muito gelada; 
  • Frituras; massa folhada; 
  • Massas com queijos amarelos; manteiga ou margarina; 
  • Biscoitos recheados; 
  • Carnes vermelhas; 
  • Ovo frito; 
  • Chocolates e outros doces; 
  • Enchidos, embutidos e enlatados, em geral. 
O gastroenterologista é o médico especializado que cuida desse órgão e somente ele é o mais indicado para o tratamento das doenças do fígado. Ele deve ser consultado se os sintomas persistirem, mesmo após as alterações na dieta.

Quanto antes for diagnosticada qualquer doença relacionada com esse órgão, mais rápido será o tratamento e mais chances de melhoras o paciente terá.

Busque sempre informação e não deixe de se consultar com seu médico sempre que notar algo diferente em seu corpo e organismo.

Autora: Jorgete Rain
Postar um comentário