sexta-feira, 10 de julho de 2015

Saiba o que vai te ajudar a parar de comer doce

Você já teve aquele momento em que a vontade de comer doce era maior que tudo?

Você não está sozinho! 
Quando alimentos ricos em gordura, açúcar ou cafeína são ingeridos em excesso, áreas do cérebro responsáveis pelo vício são ativadas. No caso dos doces, quem gosta muito desse tipo de alimento tem o cérebro 'viciado’ nos circuitos de prazer que ele ativa. Contudo, algumas pessoas são compulsivas e podem não perceber.

Mas como saber se há esse vício? Para descobrir, recomenda-se ficar um dia inteiro sem comer doce. Se notar irritabilidade, nervosismo e ansiedade você pode estar apresentando os primeiros sinais de compulsão.

O problema é que, quanto mais açúcar você ingere, mais açúcar o seu corpo pede!

A compulsão surge porque após ingerir uma guloseima, por exemplo, o cérebro libera substâncias químicas naturais que dão sensação de imenso prazer. Ao reconhecer esta sensação boa, o cérebro começa a pedir mais açúcar.

Alguns alimentos podem ajudar a reduzir essa vontade por doces, por possuírem nutrientes específicos que ajudam a controlar essa vontade, alguns deles são:

Alimentos ricos em fibras: frutas com cascas, arroz integral, vegetais, folhosos. Esses alimentos ofertam fibras que aumentam a flora intestinal benéfica do organismo, promovendo saciedade e melhora no intestino.

Oleaginosas: em quantidades moderadas, são fontes de lipídios que previnem doenças e auxiliam na redução da compulsão por doces, inclusive o amendoim.

Frutas: banana e frutas cítricas são algumas que auxiliam na redução do estresse e consequentemente no consumo de doces e guloseimas.

Carnes: principalmente peixe e carnes magras, como o peru, são boas fontes de triptofano, constituem aliadas na resistência ao açúcar.

Além disso, atentos com a sua saúde separamos algumas outras dicas para você não mais cair nesse vício por doces:

Invista nas frutas e fuja dos doces

Fique longe das tentações - ao fazer o supermercado evite comprar alimentos industrializados e açucarados.

Livre-se de bolos, sorvetes e biscoitos, assim o acesso em casa será mais difícil.

Troque doces e açúcar por frutas - o corpo digere açúcares de frutas de um jeito específico e diferente da forma como digere o açúcar de mesa comum. As frutas contêm fibras, vitaminas e minerais e, quando consumidas em moderação, ajudam a contra-atacar os efeitos metabólicos da frutose e da glicose.

Leia os rótulos - você pode se surpreender ao aprender quanto açúcar há nos alimentos que consome. O perigo está principalmente nos açúcares ocultos de alimentos industrializados que não ofertam nenhum nutriente importante para o nosso corpo, além de estimular a engordar e provocar cáries. É preciso estar atento também ao conteúdo de açúcar dos produtos, isso pode ajudá-lo a evitar alimentos altamente açucarados, livrando-o do vício.

Matéria do site: http://www.bolsademulher.com/corpo/saiba-o-que-vai-te-ajudar-a-parar-de-comer-doce?utm_source=newsletter&utm_medium=email&utm_campaign=Quer-parar-de-comer-doce-Nutricionista-ensina-truques-infalveis-para-no-passar-vontade

Para melhorar ainda mais, pratique atividades físicas regulares, seu cérebro pode viciar nelas e esquecer os doces. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário