quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Diabetes: Praticar Exercícios Não Faz Diferença?

Estudo gera polêmica ao concluir que dieta e exercício não reduziriam risco cardiovascular


Foram 5.145 diabéticos acima do peso acompanhados em 16 centros médicos americanos por mais de dez anos - uma turma fazia regime e atividade física; a outra só participava de encontros sobre a administração do problema. Analisados os dados dos dois lados, o estudo Look Ahead constatou que a combinação entre dieta e exercícios não diminuiu o número de eventos cardiovasculares. 



Quer dizer, então, que basta tomar os remédios e se entregar à fritura e ao sofá? "Não. O trabalho falhou em mostrar os benefícios dessas intervenções porque teve um grupo de controle muito bem tratado, descolado da realidade", avalia Carlos Eduardo Barra Couri, endocrinologista da Universidade de São Paulo, em Ribeirão Preto. "Sabemos que o estilo de vida ajuda a afastar outras complicações do distúrbio, como problemas renais e oculares", frisa. A pesquisa americana confirma, de todo modo, a importância do controle do colesterol e da pressão para o diabético e o quanto a dificuldade de manter o peso a longo prazo interfere nessa história.


BENEFÍCIOS COMPROVADOS

Problemas de ereção

Em outro braço do estudo Look Ahead, observou-se que quem fazia dieta e esportes teve menos disfunção erétil.

Apneia do sono

Os diabéticos que se mexeram e controlaram o cardápio também sofriam menos com essa desordem que prejudica o fluxo de oxigênio à noite.


Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/saude/reportagem/prevencao-trata/diabete-praticar-exercicios-fazer-dieta-nao-importam-756320.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário