terça-feira, 21 de agosto de 2012

SEDENTARISMO

MEXA-SE PARA SAIR DO SEDENTARISMO: 


Se você não pratica exercícios físicos há algum tempo e, no dia a dia, o máximo que seu corpo se movimenta é para se locomover de casa para o carro e do carro para casa, não é preciso ser especialista para dizer que você está levando uma vida sedentária. 

Você não precisa desejar ter um corpo de capa de revista para se exercitar. Movimentar-se, ainda que por apenas alguns minutos diários, traz mais disposição, energia e saúde para nossas vidas. E para sair do sedentarismo, não há outro jeito, é preciso mesmo começar. 

Não importa há quanto tempo ou por quais motivos você esteja sedentário, nunca é tarde para começar. Primeiramente, procure um médico para determinar, a partir de suas condições atuais de saúde, quais exercícios você está apto a realizar. 

Não desanime ao associar a ideia de exercitar-se à atual busca frenética pelo corpo perfeito. É possível manter-se em forma e saudável sem gastar horas e mais horas em uma academia. O importante é não ficar parado. 


COMO SAIR DO SEDENTARISMO:

Pequenas decisões ao longo do dia, tais como usar as escadas ao invés do elevador, descer do ônibus alguns pontos antes e ir caminhando até o trabalho ou usar a bicicleta para ir comprar o pão, já trazem mais movimento para sua rotina diária.

Atitudes como essas não chegam a suprir a necessidade semanal de exercícios que gira em torno de 30 minutos de atividade moderada, cinco vezes por semana, mas é uma maneira de começar a sair do sedentarismo.

Não pense que todos os dias você terá o mesmo pique do começo. Quando iniciamos uma atividade física, a novidade da prática faz com que a realizemos com mais motivação e energia e, por isso mesmo, nossa tendência é exagerar. Porém, como o corpo não está acostumado, o excesso pode causar dores e desestimular a continuidade da prática.

A melhor maneira de inserir na rotina o hábito de se exercitar é começar praticando de 15 a 20 minutos de atividade física diária e, gradativamente, ir aumentando esse tempo.

Crie um sistema simples para acompanhar a luta contra o sedentarismo. Você pode simplesmente marcar em um calendário quais os dias em que você conseguiu fazer alguma atividade física e quantos minutos foram dedicados a ela. Você irá notar que nos meses em que a prática for mais regular, sua disposição e condicionamento físico provavelmente terão melhoras visíveis.

Muitas dicas sobre exercícios ressaltam a importância da disciplina, do esforço e da disposição para realizar as atividades físicas de maneira eficiente. Para quem está sedentário há algum tempo, entretanto, tais qualidades podem parecer distantes, reservadas apenas aos esportistas profissionais.
Exercitar-se não deve ser visto como um trabalho árduo a ser obrigatoriamente cumprido. Se você não gosta ou não combina com determinada atividade física,procure outra que lhe agrade. Pessoas mais sociáveis podem preferir praticar esportes em grupo, enquanto as mais introvertidas preferem exercitar-se sozinhas. Você também pode inventar maneiras de tornar as atividades ainda mais prazerosas, como gravar suas músicas prediletas em um MP3 ou ipod para deixar sua caminhada mais animada.

Caminhar é uma das formas mais simples de se exercitar. Não custa nada e não requer aparelhos nem técnicas especiais, bastam roupas confortáveis e um bom tênis.
Entretanto, quem sente dores nas articulações deve procurar um médico antes de iniciar a prática. Para os sedentários de longa data, a dica é iniciar fazendo pequenas caminhadas de 10 minutos e ir aumentando esse tempo à medida que for adquirindo mais resistência física.
Levar uma vida sedentária pode trazer uma série de problemas que culminam em doenças cardiovasculares como pressão alta, estresse e obesidade, além de promover perda de massa muscular, má postura, dores articulares e o cansaço crônico.

Motive-se pensando em todos os pontos positivos que a prática de exercícios físicos pode trazer para sua vida. Entre eles, fortalecimento do sistema imunológico, melhora da respiração, diminuição do risco de osteoporose e redução do estresse, da depressão e do cansaço.

Para manter a motivação, estabeleça objetivos mensuráveis e fáceis de serem alcançados, como se alongar pelo menos durante cinco minutos pela manhã e caminhar por 30 minutos após o trabalho.

Não é fácil livrar-se de velhos hábitos, ainda que eles sejam nocivos ao nosso organismo. Por isso, é preciso estar preparado para eventuais deslizes no meio do processo de inserir atividades físicas em sua rotina.

Se tiver estabelecido trinta minutos de caminhadas diárias, por exemplo, e por algum motivo não puder seguir sua meta inicial, reavalie o plano e recomece. Não desista, pois a atividade física previne doenças.




  ENTÃO MEUS AMIGOS, VAMOS COLOCAR MOVIMENTO NESSA VIDA E SAIR DO SEDENTARISMO.

VIVA ENQUANTO DÁ TEMPO!!


Postar um comentário