quinta-feira, 16 de junho de 2011

Palestra: Dor? Nunca mais!

Mais um evento de sucesso no VIVACLUB!


Na quarta dia 8 a Fisioterapeuta e Psicológa Letícia Daud fez uma maravilhosa palestra sobre dor para as nossas alunas.


Existem muitas maneiras de aliviar a dor, mas o tema especialmente abordado na palestra foi a Acupuntura sem Agulhas, da qual Letícia é especialista.


As palavras de Letícia sobre o tema:


"Você já pensou em fazer acupuntura, mas treme só de pensar nas agulhas? Saiba que hoje, a técnica pode ser realizada com ou sem agulhas. Estímulos aplicados, em pontos específicos, na superfície da pele fazem com que o organismo produza seus próprios analgésicos e anti-inflamatórios, dessa forma, a dor desaparece, os movimentos se tornam mais livres, as qualidades do sono e do humor melhoram e a qualidade de vida tão desejada é restabelecida. Segundo a Organização Mundial da Saúde há uma lista de cerca de 300 disfunções patológicas tratáveis pela acupuntura, entre as mais comuns destacam-se: artrose, artrite, tendinites, problemas respiratórios, asma, bronquite, resfriados, problemas na coluna, cervicalgia, lombalgia, ansiedade, fibromialgia, depressão, desânimo, falta de concentração, insônia, alterações urinárias, incontinência, impotência, paralisia facial, retenção de líquidos, edemas, alterações de humor, perda de cabelo, amigdalites, enxaqueca, cefaleia, hipertensão, hipotensão..."


Durante a palestra, elas fez umas dinâmicas bem legais, que levou todos os presentes à reflexão, pois muitas 
vezes nós somos os principais causadores das nossas dores.





No final do encontro Norma e Cleo foram as contempladas do sorteio... Cada uma ganhou uma sessão de 1 hora de Acupuntura. 

Agradecemos a presença e paciência de todos os participantes e também à Letícia pelo ótimo trabalho, afinal quem não quer aliviar as dores não é?!

Quem desejar mais informações sobre o tema pode entrar em contato com a palestrante pelo telefone 2112-8209 ou 9889-1199. Além de atender em dois consultórios ela ainda faz atendimento domiciliar.  

Um abraço a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário