quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Treinar em grupo aumenta a tolerância à dor e ajuda a intensificar os exercícios.

A conclusão é de uma pesquisa da Universidade de Oxford, que será publicada no jornal Biology Letters. Comandado pela antropóloga Emma Cohen, o estudo foi conduzido com 12 pessoas que se exercitaram em máquinas simulando o movimento de remadores em quatro sessões de 45 minutos cada, durante duas semanas. Em duas das etapas os voluntários treinaram sozinhos e nas demais, em grupos e de maneira perfeitamente sincronizada. Os pesquisadores, então, mediram, após cada período de exercícios, o nível de endorfina no corpo. Como a endorfina só pode ser medida a partir de punção na região lombar, o que seria impraticável, foi adotada uma técnica para identificar o grau de tolerância à dor e, portanto, do nível de endorfina. Uma algema foi apertada nos braços dos participantes até que eles reclamassem de dor. A relação é possível, pois a endorfina quando liberada no cérebro aumenta a sensação de bem-estar e, consequentemente, a tolerância à dor, inclusive a provocada pela produção de ácido lático pelos músculos após os exercícios. Como esperado pelos pesquisadores, a tolerância foi maior depois das sessões de exercícios em grupo, e os resultados foram parecidos mesmo levando-se em consideração variáveis como hora do dia. Outros estudos serão realizados para verificar o resultado. Isso porque os pesquisadores levaram em consideração dados de outros estudos para explicar a descoberta, como o de que exercícios coordenados aumentariam os laços sociais entre as pessoas. Como os remadores treinavam há mais de um ano, foi considerada a hipótese de que a presença de amigos tenha influenciado nos resultados.
Fonte: Terra

Pratique exercícios regularmente e viva melhor! Viva bem! Viva com saúde!

Um grande abraço!
Equipe VivaClub
Postar um comentário