quinta-feira, 27 de junho de 2013

Quedas Podem Diminuir Com Exercício

 Na terceira idade, um simples desequilíbrio é capaz de causar prejuízos sérios à saúde. Fortalecimento muscular traz mais estabilidade e segurança.

A quantidade de idosos internados com fraturas causadas por quedas cresce de forma alarmante. Um simples desequilíbrio pode causar sérios prejuízos à qualidade de vida daqueles que têm mais de 60 anos e, nos casos mais graves, o acidente pode até levá-los à morte.

 A perda de massa muscular, a redução da flexibilidade, da força, da resistência e da mobilidade, além da limitação da capacidade de coordenação e do controle do equilíbrio corporal, podem acarretar quedas frequentes.

Além das mudanças naturais que ocorrem com o aumento da idade, algumas doenças também potencializam os riscos de acidentes. O infarto, a labirintite, a insuficiência cardíaca, doenças neurológicas, hipotensão postural, AVCs, diabetes, entre outras, também são causas recorrentes.

Muitas doenças degenerativas comuns na velhice são agravadas pela diminuição das atividades físicas. 
Independentemente do motivo, os acidentes podem ser evitados com o aumento do equilíbrio e o fortalecimento da musculatura através da prática regular de exercícios físicos, que são capazes de melhorar a mobilidade e a qualidade de vida, mesmo no caso daqueles que sofrem de doenças crônicas.

- Além dos benefícios para a mobilidade e equilíbrio, a atividade física moderada auxilia no controle e prevenção de doenças, como diabetes, problemas posturais, doenças cardíacas e pulmonares - ensina a fisiologista Laina.

- A inatividade representa um sério problema, pois a falta de atividade física faz acelerar a perda das massas muscular e óssea, criando um círculo vicioso - revela Turibio, fisiologista.



Fonte: globoesporte.globo.com - Principal causa de morte entre idosos, quedas podem diminuir com exercício - 24/06/2013 08h15

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Festa de Quatro Anos do VIVACLUB

NÃO TEMOS NADA MAIS O QUE FAZER, A NÃO SER AGRADECER.

SOMENTE AGRADECER: Agradecer é uma forma de demonstrar carinho e respeito, por isso nós agradecemos:
À DEUS, AOS NOSSOS FAMILIARES, ÀS NOSSAS PROFESSORAS, que mostraram o máximo do seu profissionalismo em cada aula! São elas Clarice, Neuzinha, Ana Cristina, Josane, Marjori, Margareth e AOS AMIGOS que aprendemos a classificar e dar maior valor! 
Amigos são aqueles que aparecem nas horas das Adversidades!! Aqueles que comem miojo contigo, viram barman quando você faz uma festa, ou até mesmo fotógrafo. Não vamos esquecer os que aparecem somente nas festas, mas pelo menos eles aparecem!!

Dentre todos esses, agradecemos especialmente nossos alunos, porque eles fazem parte do nosso dia, da nossa vida.

Àqueles que vão todos os dias na aula, MUITO OBRIGADO!

Aos que de veeeeeez em quando vão à aula; MUITO OBRIGADO!

Aos muito regulares, que pelo menos uma ou duas vezes ao mês aparecem lá, afinal duas vezes ao mês, todo mês - é regularidade!! MUITO OBRIGADO!

Aos alunos que viraram nossos amigos, e que graças a Deus são vários. Obrigado à vocês também!

São 4 anos - 1200 dias de aula - Aproximadamente 9600 horas de aula... É tempo pra caramba! Passamos mais tempo com vocês do que nossas famílias, e é por isso que a gente diz que vocês são as nossas famílias. 

O que fica de tudo isso é uma pergunta:
“Como um espaço tão pequeno, consegue reunir tanta gente boa???”

MUITO OBRIGADO POR TRANSFORMAREM ESSE SONHO EM REALIDADE. 
São quatro anos dedicados à vocês com a certeza que tudo daria certo.













 













terça-feira, 18 de junho de 2013

Alongue-se e Evite Lesões no Quadril e Lombar

  Um dos fatores que atuam no surgimento de lesões são os maus hábitos posturais.

  A força muscular e a estabilidade são muito importantes na prevenção de lesões. Abdômen e quadril fracos podem levar a lesões nas articulações e tendões, pois não conseguem apoiar essas estruturas adequadamente, gerando uma sobrecarga nas pernas. As contusões, principalmente aquelas nos membros inferiores, ocorrem quando as articulações, tendões, ligamentos e músculos não estão trabalhando a partir de sua posição ideal de estabilidade.

  Um aumento no balanço ou uma lordose na coluna lombar podem fazer com que os músculos da frente do quadril fiquem encurtados, não conseguindo trabalhar para flexioná-lo corretamente.
 
  Manter flexibilidade e força no quadril e na região lombar é importante para neutralizar o impacto e melhorar a postura. Há alguns músculos importantes nos quais devemos concentrar o alongamento e fortalecimento, para combater o estresse postural e a falta de estabilidade do tronco.

  Tornando os procedimentos do alongamento parte de sua rotina de treinamento, o risco de lesões nas regiões lombar e do quadril irá diminuir significativamente.

Fonte: globoesporte.globo.com - Saúde - Alongamento ajuda a evitar lesões no quadril e na lombar

  O VIVACLUB oferece aulas de alongamento às:

10h - Segundas, quartas e sextas.
16h - Segundas e sextas.
AGENDE UMA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA!

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Dia dos Namorados

"O amor é isso: Não prende, não aperta, não sufoca.

Porque quando vira nó, já deixou de ser laço"
(M. Quintana)



terça-feira, 11 de junho de 2013

Aniversário 4 Anos VIVACLUB



Participem da nossa festa! 
Estamos mega ansiosos para fazer uma festa perfeita para vocês curtirem!

É nesta sexta-feira.
Se não confirmou, ainda dá tempo! 

terça-feira, 4 de junho de 2013

Conheça Melhor a Ginástica Funcional

O que é a ginástica funcional?

  De acordo com o personal trainer, Givanildo Matias Holanda, a ginástica funcional é composta de exercícios que objetivam fortalecer, definir, melhorar a flexibilidade e dar mais resistência e equilíbrio corporal aos movimentos do dia a dia. “São feitos exercícios que reproduzem um pouco as atividades cotidianas exigindo equilíbrio e coordenação durante a execução”, explica. Ele também conta como esses exercícios são realizados: “A ginástica funcional é feita de uma maneira dinâmica e descontraída. Nela estão presentes exercícios de equilíbrio com força e alongamento, coordenação e postura”.


Quem pode praticar?

   Não existe idade específica para praticar essa modalidade. Ela é benéfica para todas as faixas etárias, desde que o praticante não tenha nenhuma restrição médica. “O foco do trabalho funcional é o equilíbrio corporal, ou seja, o fortalecimento do CORE (centro de força do corpo) como, por exemplo, o abdômen, o quadril e a lombar”, explica o especialista.

  Na terceira idade, há registros de melhora considerável na densidade óssea, além de ser muito mais divertido do que séries de musculação, por não seguir uma série contínua e repetitiva.


Textos de: Uol - Mulher - Saúde e Bem Estar - 16/02/2013 08h00 e Hagah - Saúde - 16/03/2012 18h47.






Para saber mais, marque uma aula experimental e venha conhecer o nosso espaço!